domingo, 29 de outubro de 2017

PANAMÁ

Cidade do Panamá

De surpresa, lá fomos nós para Cidade do Panamá.

Voamos Copa Airlines de Miami, vôo tranquilo e rápido.
O aeroporto é bem equipado e não muito longe da cidade, mas o transito é terrível.



De cara o bairro dos hotéis e bancos parece um pouco com o Aterro do Flamengo, sim os prédios são novos, altíssimos e o contraste com a frota de veículos é incrível.
Os ônibus são aqueles antigos ônibus escolares dos Estados Unidos, bem velhinhos, sem ar condicionando e o calor é de matar. Hoje são usados não só para transporte público mas também como ônibus balada.


Temperatura média em Outubro: 34 graus Celsius e úmido pra xuxu.

Passear no Casco Antiguo, é voltar no tempo, esse pedacinho da cidade está situado numa península, suas ruas são estreitinhas, o calçamento feito de pedras e há muitos monumentos históricos.
 



Visitar: Igreja de San Jose (altar de ouro), Catedral Metropolitana, Teatro Nacional. Ou simplesmente passear olhando os prédios restaurados.



Há casinos e bons restaurantes, grandes hotéis e o maravilhoso BIO MUSEO, inaugurado em Outubro de 2014. Localizado num parque enorme e muito bem cuidado, de frente para a baia do Panama, ele é uma aula interessante sobre a biodiversidade na região.  Projeto do arquiteto Frank Gehry, o primeiro na America Latina,  um emaranhado metálico e colorido de formas geométricas superpostas.



Claro, também tem a eclusa do Canal do Panamá que sozinha já justifica a viagem.



Sugiro contratar um taxi, com guia, no hotel para ir até a eclusa. Ver os navios passando no CANAL DO PANAMÁ nos dá uma idéia da grandeza desse projeto, há um museu explicando a construção com fotos, réplicas das máquinas, documentos históricos e alguns videos. Achei muito interessante.




Gosta de aventura? então, vá almoçar no Mercado de Peixe. Muitas barraquinhas (pequenos restaurantes de peixes e frutos do mar) servindo ceviche, peixe frito, cerveja; num misto de algazarra, desordem e perfumes locais. É divertido, se voce não se importar com a simplicidade do lugar.



Para jantar há lindos e exclusivos restaurantes com cardápio assinado por chefs renomados, cozinha local e internacional, carta de vinhos bem apropriada, belas sobremesas e um maravilhoso espresso.

Indico estes restaurantes:

TANTALO - um bar para a hora do almoço, num prédio lindo no Casco Antiguo. Para comer saladas ou hambúrgueres, simples, com atendimento lento e simpático.



TEJAS - no Trump Internacional, comida asiática. Repare no lustre do bar, feito com milhares de casulos de bicho da seda.
O restaurante da cobertura do hotel, dizem que tem uma vista privilegiada, mas estava fechado.

SEGUNDO MUELLE - descontraído, bom para ir num grupo, comida boa e um pouco barulhento.

8 e MEDIO - comida deliciosa, atendimento nota 10 e uma área externa linda. Lugar super agradável no Casco Antiguo.





CALIOPE - outro restaurante especial no Casco Viejo, recomendo fazer reserva.
                                           


Tomate de Arbol

Compras também fazem parte do passeio, há grandes shoppings com lojas de todos os preços. Para mim o melhor é o novíssimo SOHO Mall, com todas as grifes e também uma Ladure muito linda.



Gostei demais da NINA Concept Store, ao lado do shopping, uma loja bacana, um lugar para tomar um brunch nos finais de semana, com milhares de itens para presente, bem diferentes. Tem brinquedos, uma pequena livraria, papelaria diferenciada, jóias, um pouco de tudo com uma curadoria sensacional. Vale a visita, sem pressa pra curtir tudo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário