quarta-feira, 13 de julho de 2016

SANTIAGO

Santiago do Chile



Quatro ou cinco dias: o suficiente para conhecer a capital chilena.

Santiago é plana, muito arborizada, bem urbana e cosmopolita. Cheia de jardins e esculturas, pracinhas, metro, shoppings enormes, muita gente e bons restaurantes.



Para conhecer o centro antigo, o Mercado Central, a Plaza de Armas, La Moneda, as Calles Ahumada e Huerfanos (calçadões), a antiga estação central recomendo fazer o passeio Sábado ou Domingo porque o trânsito é maluco durante a semana. 
Depois de passear e andar muito, o almoço pode e deve ser Mercado Central, pescados fresquinhos e bons restaurantes dentro deste prédio histórico construído 1872, para a exposição mundial. Funciona como um centro de venda de pescados e artesanato, e é um dos pontos turísticos mais visitados de Santiago.



Palácio La Moneda é a sede do governo chileno, anexo esta o Centro Cultural Palácio La Moneda onde acontecem exposições internacionais e tem restaurantes, cafe e uma loja onde se pode encontrar artesanato de todo o país.























Plaza de Armas onde esta o Correo Central, a Catedral Metropolitana, Museo Chileno de Arte Colombiana e as ruas Hérfanos e Ahumada (ruas para pedestres).



Outro passeio interessante é conhecer o Pueblo Los Dominicos, centro de artesanato com lojinhas onde são vendidas bijuterias em pedras (lápis lázuli), metal (cobre), lã e madeira. Muitas das lojas são ateliês, o que permite ver os artesãos trabalhando. 


Cerro San Cristobal - onde fica o Parque Metropolitano, foi todo reflorestado e é o pulmão de Santiago. Onde fica o Zoológico Nacional e próximo a La Cascona, uma das casas de Pablo Neruda. Pode ser acessado pelo teleférico que oferece vistas belíssimas da cidade.


Patio Bellavista - no bairro do mesmo nome, reúne galerias de arte, bares e restaurantes, alem de lojinhas de artesanato. O bairro tem vida noturna movimentada.



Avenida Nueva Costanera e Avenida Vitacura - comercio de grifes, Museo de la Moda e o novíssimo Shopping Casa Costanera, pequeno e muito charmoso.


O novo Parque Bicentanario é o atual queridinho dos santiaguinos para caminhar, praticar corrida e relaxar.


Para terminar muito bem o dia recomendo subir na Torre SKYCOSTANERA: são 62 andares e o visual do por do Sol é de tirar o fôlego. Essa torre esta junto ao shopping do mesmo nome. Um super mercado Jumbo, imenso e 4 andares com lojas muito bem distribuídas, restaurantes, moda esportiva, moda feminina e masculina.

Restaurantes são outra atração da acolhedora Santiago. Um pouco de cada lugar do mundo faz a alegria dos visitantes.

No mercado indico dois ícones da gastronomia chilena, lugares simples e muito disputados por turistas e locais. 
. "El Galeon"e "Donde", caranguejos gigantes, peixes fresquinhos, vinho e preços camaradas.

Tradicionais chilenos: "Aqui está coco" na Calle Concepcion, 236 - comida chilena numa casa bem decorada e muito procurada. Não esqueça de reservar.
Outro restaurante tradicional é o charmoso "Como água para chocolate", serve frutos do mar num ambiente pra lá de charmoso. Calle Constituicion, 88  no bairro Bellavista.

Nova cozinha, modernos, badalados e muito interessantes:
Osaka - cozinha japonesa, delicioso, lindo. Fica no Hotel W.
Boca Nariz - cozinha mediterrânea e maravilhosos frutos do mar. Av. José Victorino Lastarria, 276
Astrid Gaston - este dispensa apresentações. Calle Antonio Bellet, 201 fica na Providência.