quarta-feira, 14 de outubro de 2015

CIDADE DE GOIÁS

CIDADE DE GOIÁS 




Uma jóia no serrado, conhecida como Vila Boa de Goiás, depois Goiás Velho, a pequena Cidade de Goiás é linda, preservada, romântica, sossegada. Sua gente é gentil e calma, fala mansa e melodiosa, culinária típica, o calor do Sol e no sorriso das pessoas.


Goiás é cortada pelo Rio Vermelho que corre sobre pedras e ainda hoje é cheio de peixes e também é morada de uma família de tartarugas sempre tomando Sol, seu centro é fechado ao tráfego de veículos grandes, tem várias praças, igrejas antigas e um teatro, o São Joaquim que esta sendo reformado e onde na semana do carnaval acontece o Festival de Marchinhas, com inscritos do país inteiro.


Também há vários museus, com a rica historia da cidade, esculturas, mobiliário antigo, arquitetura colonial.

Algumas lojinhas de artesanato e cerâmica, bordados. 
Os famosos e deliciosos doces de frutas, tradição que começou com a poetisa Cora Coralina, que fazia os doces e ensinou a muitas mulheres vilaboenses.



Por do Sol maravilhoso é no alto da Igrejinha de Santa Bárbara, os melhores sorvetes de frutas do cerrado no coreto, bem no centro da Praça, são sabores diferentes, irresistíveis, gostosos. 
Há ainda uma nova sorveteria chamada: Sorvetes de Goiás. Os picolés estão expostos nas geladeiras em ordem alfabética: abacaxi, cajá-manga, graviola, taperebá, umbu e etc… mais de 40 sabores exóticos e perfumados. 


Uma festa popular única:  PROCISSÃO DO FOGARÉU, uma tradicional procissão católica realizada na quarta feira de Cinzas. Representa a prisão de Jesus, com as ovestidos para a ocasião, a procissão tem inicio a meia noite em frente a Igreja da Boa Morte e segue pelas ruas de pedras da cidade ate a Igreja N.S. do Rosário. A cidade fica cheia de turistas e devotos.


sábado, 26 de setembro de 2015

SINT MAARTEN / SAINT MARTIN



Movimentada, cheia de casinos, estradinhas, trânsito, sol delicioso, praia de nudismo, transatlânticos, dois países numa ilha; assim é Sint Maarten/ Saint Martin.


Vento gostoso, Sol o ano todo, noites agradáveis.
Praias de águas calmas para prática de skysurf, windsurf, stand up paddle, snorkel.
Água azulzinha, areia branca, povo alegre e comida maravilhosa. 
Destino perfeito.


Alem de tudo isso: ainda é Duty Free.
Do lado holandês, Phillipsburg é o centro comercial cheio de joalherias, lojas de eletrônicos, relógios, bebidas, bares alegres e restaurantes simplezinhos. Alem de muita gente. 
É onde chegam os navios, com milhares de turistas, cada um com 2000, 3000 passageiros. O movimento nas lojas é gigante.
No final da tarde um sossego, e um por do Sol lindo.
Vida noturna animada, por conta dos inúmeros casinos em Cupcoy.


Do lado francês a marina Royalle, muito bem protegida, minúscula, lotada de iates lindos, silêncio e restaurantes charmosos com comida boa e atendimento francês. Também tem lojinhas, algumas grifes, farmácias de cosméticos, uma feira de artesanato, um pequeno shopping, arquitetura colonial.
Daqui saem os barcos para Anguila, assunto para outro post.
Deste lado esta o paraíso da gastronomia francesa em Grand Case.
A comida crioula nos "lolos" é simples e saborosa. Experimente o Sky's the limit ou o Pineapple Pete. Para um jantar caprichado e sem economia vá ao La Villa ou ao Taste Vin. Comida deliciosa e visual maravilhoso.

Praias, um outro capítulo; todas lindas, com quiosques onde da para alugar cadeiras e barracas, atendimento na areia. Muito bom.

Orient Beach - uma das mais comentadas praias do Caribe, areia branquissima e protegida por corais e pelas ilhotas Green Cay, Pinel e Tintamarre.


Maho Beach
Divi Little Bay
Dawn Beach


Uma curiosidade:
A lenda que conta como foi dividida a ilha entre holandeses e franceses é a seguinte: para demarcar seus territórios um holandês e um francês combinaram de andar de um lado ao outro da ilha e onde se encontrassem seria o limite de cada país. A versão francesa diz que o holandês bebeu rum, que sendo mais forte que vinho, fez com que ele dormisse no caminho e por isso a França ficou com a parte maior. Já os holandeses dizem que o francês, que tinha bebido vinho, trapaceou e correu, daí o lado francês ter ficado maior.

Verdade ou não, visitar Sint Maarten e St. Martin é muito especial.

sábado, 12 de setembro de 2015

NEW YORK

NEW YORK, sempre NOVA

Para quem ja foi muitas vezes e para quem esta indo pela primeira vez.

A melhor coisa do Verão em New York é que escurece tarde, a luz é maravilhosa e a cidade lotada de gente ganha uma energia mais forte. 


Desta vez ficamos em NOLITA, numa boa localização, hotel pequeno, novo, charmoso e com o bonus de um terraço no 9º andar, na cobertura. De um lado voce esta de frente para o Empire State Building, Crysler Building e do outro lado Wall Street e o novo complexo de torres, onde esta o ONE WORLD.


Todos os apartamentos tem varanda, com vistas de tirar o fôlego, decoração moderna, funcional e bonita, ótimo wifi, café da manhã delicioso e happy hour, todo dia, no lobby. Eles servem champagne, vinhos, crackers, uvas, queijos, damascos e geléias. Tudo de primeira.


Esta curioso? O hotel é o NOLITAN HOTEL - 30, Kenmore Street. Ahhh, tarifas honestas, staff atencioso e multiracial, e ainda tem bikes para emprestar. Tudo de bom.

Para quem quer estar por dentro da vida cultural, dois museus muito interessantes em New York :




New Museum of Contemporary Art - Bowery Street 
Prédio incrível (cubos sobrepostos) com seis andares, um café e uma lojinha no térreo, alem de um auditório no subsolo. 





Whitney Museum at Meetpacking - 
Curadoria inteligente, espaços externos com esculturas, janelões para o Rio Hudson, dois restaurantes, loja bacanérrima, muita gente e grudado na High Line. Dois passeios no mesmo endereço, ou três se voce esticar a caminhada até o Standart Hotel. 


Tem um dia para passear de trem? Que tal ir a Beacon? 
O trem sai da Central Station, vai bordeando o Rio Hudson, para o norte e passando por muitos clubes e marinas, cidades lindinhas e muito verde.



Beacon é uma cidadezinha linda, na rua principal tem uma loja de chocolates deliciosos, alguns restaurantes, aquela calma preguiçosa do interior e o Dia-Beacon, um museu instalado desde 1960 numa antiga fábrica da Nabisco. Um galpão mega gigante, com obras extraordinárias, intrigantes, imensas de artistas contemporâneos. 

COMPRAS

Lojas de decoração: 1- Fishs Eddy - porcelanas de todos os tipos, em Flat Iron. Quase na frente dessa loja esta a 2- ABC Carpet  com 7 andares de absolutamente tudo. Marcas conhecidas, novos designers e um restaurante disputado e sempre lotado o ABC Kitchen, passeio pra tarde interinha. A terceira dica é a John Derian, onde da vontade de comprar a loja todinha, peças lindas para casa. Essas dicas valem ouro.

Óculos espetaculares na Anne&Valentin - 2, Prince Street fone: 212 2262343 os mais bonitos, leves e modernos. Loja maravilhosa e atendimento vip, recomendo muito.

Revistas e livros na McNally Jackson - 52, Prince St, livraria pequena e completa, títulos variados, revistas especiais e um café.

Papelaria, presentes, cartões lindíssimos na Paper Source - 83, Spring St, loja delicia, pra ficar horas namorando os produtos.

Gosta de chá? Experimente os muitos sabores aromáticos na T2 Tea - 67, Prince St, loja linda que também comercializa bules e xícaras.


Por esses lados de NYC é muito bom andar e andar para garimpar, novas lojinhas, cafés, comércio de rua, pequenos restaurantes, ver gente bonita, grafites interessantes, galerias de arte. Vem pra esse lado, com certeza vc vai gostar. 


sábado, 6 de junho de 2015

LONDON LONDON



Aristocrática e moderna, organizada, movimentada, vibrante, cult.
Londres é apaixonante.

Mesmo se você ja esteve em Londres 200 vezes, sempre pode ir outras 200.

Para quem ja fez os passeios clássicos, se maravilhou com as jóias da Coroa, passeou na London Eye, caminhou pela beiradinha do Tâmisa, comeu fish &chips, foi aos teatros, galerias de arte, museus e parques, aqui estão algumas dicas diferentes.



Antes de tudo, se hospedar bem é um grande segredo para curtir a cidade. Que tal experimentar Chelsea ou Kensington em lugar de Mayfair?
Hotel gostoso, descolado, novo e super bem localizado, The Nadler Kensington Hotel 25, Couterfield Gardens  www.thenadler.com


Um lugar especial para almoçar é o BABYLON, um restaurante elegante e sofisticado com uma cozinha saborosa e delicada, alem da vista maravilhosa e um jardim com patinhos, flamingos e um riozinho. Um oásis. 7th floor, The Roof Gardens, 99 Kensington High Street.


Um bar de ostras. Hummmm, delicia, você encontra no belíssimo e histórico Michelin Building no 81 da Fulham Road, junto da Conrad Shop. Vale muito a pena. O Bibendum Oyster Bar, alem das ostras, serve deliciosas saladas, pratos leves e também algumas massas. Na hora da sobremesa escolha o excelente crème brûlée.

A Conrad Shop é uma paixão de objetos de decoração, presentes magníficos, coisinhas de escritório, almofadas chiquérrimas. Um pouco de tudo que faz a gente querer mudar a casa toda. Uma loja de design e qualidade apaixonantes.

Outra descoberta bem legal é o Farmers Market, esqueça o nome, não tem nenhum fazendeiro, na verdade, este é um lugar escondido na Kings Road com a Sydney Street. Lá voce encontra restaurantes, lanchonetes, sorveteria, nail bar e uma loja de jardinagem muito bacana, imensa e muito variada. Um verdadeiro achado.

Vamos um pouco mais longe?


Spitafieds Market - um mercado parecido com Covent Garden, só que maior, bem maior. Um mercadão animado cheio de barraquinhas com bijouterias, artesanato, roupas de couro, camisetas, lenço e echarpes. Um lugar legal pra garimpar lembrancinhas descoladas.
Bem pertinho tem uma Antropologie enorme, cheia de coisinhas pra gente querer. 
O metrô é o Liverpool Street. E todo o entorno esta cheio de cafés, pubs e pequenos bistros.

www.fifteen.net
Quer comer bem gostoso, num ambiente jovem e alegre, então você precisa ir ao FIFTEEN, o restaurante do Jamie Oliver, 15, Westland Place N1 7LP e o metrô é Old Street.


Um dia diferente pode ser no campo, como dizem os ingleses no Country Side, uma dica bacana? visitar uma das mansões do National Trust. Recomendo a Waddesdon, a casa da família Rothschild, transformada num super museu, com uma coleção extraordinária de relógios, moveis franceses e um jardim deslumbrante. Passeio para um dia inteiro que pode terminar num pub antiquíssimo : o charmoso THE RED LION PUB.



Tem mais coisa, como falei: da para ir mais vezes a Londres, mais outras 200.

Enjoy