quarta-feira, 27 de junho de 2012

NEW YORK - a primeira vez









Pensar um roteiro para uns dias em New York não é nada fácil. 
Todo mundo tem a dica mais interessante, o restaurante mais bacana, a loja mais descolada, o passeio mais diferente e etc,etc. Ainda há milhares de dicas em todos os guias, amigos viajantes, filmes, livros, fotos... Um bombardeio de sugestões e a gente ainda se aventura.








Passeios obrigatórios e outros nem tanto:

Por dentro do MOMA



Empire State - final do dia pra ver a cidade acendendo
Estátua da Liberdade - num dia de calor, pra ver a cidade de outro ângulo, embarque no Battery Park U$13.
Central Park - pra se sentir parte da Big Apple
Central Park Zoo
MOMA
Metropolitan
Rockfeller Center - pra subir ao terraço" Top of the rock"
St Patrick Cathedral



Andar Andar Andar


High Line
Soho
Brooklin
Quinta Avenida
Central Station
Briant Park



Andar Andar Andar



Meatpacking
Little Italy
China Town
Lincoln Center
Museu de História Natural


Strawberry Fields, homenagem da cidade a John Lennon e bem na frente do Dakota, prédio onde ele morou. W 72nd St

Andar Andar Andar

Time Warner Center e no subsolo o melhor supermercado 
Musicais (qual escolher?)
Times Square
Madison Ave
Ground Zero
Gray Line (para um classic tour by bus) e Circle Line (para um passeio no Hudson River)
E andar andar andar...

Ainda...passeio de carruagem, e também tour de bike na ponte do Brooklyn (bikeandroll.com), quiosque no pier 84.


Dicas : METROCARD : U$ 14,50 por uma semana e viagens ilimitadas.
           CITYPASS : U$ 79, válido por 9 dias, permite entrar no EmpireState, Guggenhein...

Compras

As clássicas : Sack's, Macy's, Bloomingdale's
As bacanas : Henry Bendel, Bergdorf Goodman, Barney's, Jeffrey, Intermix, Scoop
As especializadas : Apple Store
                              B&H (eletrônicos)
                             J&R (eletrônicos)
                              FAO  Schartz (brinquedos)
                              Bond No.9 (perfumes artesanais)
                              Tiffany&Co

As caveirinhas da Evolution
As minhas dicas:   Evolution (caveirinhas) Spring Street
                            Scoop. (masc. e feminina) W 14th Street 
                            Intermix (365, Bleecker Street)
                            Zadig&Voltaire (minha grife francesa favorita) Little West 12th Street
                            Frye (botas bem bacanas)
                            Kate's Paperie (Spring Street)
                            KIDROBOT - 118, Prince St  toy art, adoro tudo.

As preço bom: H&M (na Quinta avenida)
                      Uniqlo (na Quinta ave e no Soho)
                      Century 21 (ponta de estoque, masculino e feminino)1972, Broadway entre 66th e 67th Sts, pertinho do Hudson Hotel

e zilhões de lojinhas, flea markets, grifes poderosas, livrarias, em todo lugar tem o que comprar.

Woodbury - premiumoutlets.com/woodburycommon para ir ónibus, passagem U$40 ou de van.
Mais ou menos uma hora de viagem, só vale se for pra comprar bastante e andar, andar, andar.

Restaurantes

Entradas no ABC Kitchen
DBGB -  do Daniel Boulud, serve hamburguer e hotdog, almoço executivo por U$25.
STK -26, Little W 12 th Street - carnes
Pastis - cantina badalada e gostosa, ambiente e gente bacana.  9, 9ave, Meatpacking District
Balthazar - 80, Spring Street , gosto muito, sempre vamos almoçar.

Carnegie Delli, sandubas gigantes
Mercer Kitchen - 99, Prince Street cozinha simples, preço mais ou menos.
Serendipity3 - 225, E 60th St divertido, barato, pratos gigantes, sobremesas imensas, muito kitsh
Obiká - Trump Tower - mussarela bar, muito gostoso
Nobu57 -57th Street
Daniel - 65nd St/Madison Ave , bar bacana e ótima comida.
Boquearia Soho - 171, Spring St/Tompson St - tapas
Felice - wine bar - First Ave/83rd St
Per Se - preço fixo (U$ 295) só com reservas e com um mês de antecedência - Time Warner
ABC Kitchen - bonito, descolado e gostoso. 35, E 18th St               




E ainda tem o  Brooklyn:
O Brooklyn da ponte, o que tem a vista mais romântica e incrível de NY, aquele que a gente vê nos filmes do Woody Allen, com o boardwalk cheio de gente, bikes, carrinhos de bebes, casais namorando; esse é o Brooklyn Heigths, bacana pra passear e ver a cidade como num filme, para ir pegar as linhas A ou C do metrô e descer em High St.
O outro Brooklyn é em Williamsburg : Ir de metro, linha L, cinza, que corre ao longo da 14nd St, ir até a estação de Bedford Ave, lá tudo é diferente de Manhattan predinhos baixos, muito grafite, gente jovem e moderna. Tudo acontece na Bedford Ave, há bares, restaurantes e brechós, clima legal. Olhar, andar, curtir e não esquecer de voltar pra Manhattan.



Transfer simpático, pontual, eficiente: MAURO BISPO
                                                           mbispo@aol.com
                                                          tel: 917 488 4245
                                                                718 784 7518
                                                                170*65*22302

terça-feira, 12 de junho de 2012

TOSCANA




Preparei o roteiro para a Toscana baseado nos passeios que fizemos por lá.
Pensei num roteiro inteligente, sendo todos os passeios para a mesma direção, encurtando tempo de estrada.


Ficamos hospedados na Locanda de l'Amorosa, próximo a Siena.
tel +39 0577 677211
locanda@amorosa.it
www.amorosa.it
Hotel pra la de charmoso. Quartos bacanérrimos, cafe´da manhã maravilhoso, piscina super bonita, reataurante estrelado, serviço impecável, localização romântica (bem escondidinho) e ate uma capelinha.


1º dia - SIENA

Não há estacionamento na cidade, parar o carro nos estacionamentos públicos, antes de começar a subir até a Praça El Campo, enorme, redondona, cheia de lojas de souvenires, bares e restaurantes e muitos turistas, na subida as ruazinhas são verdadeiras tentações de consumo, milhares de lojinhas, doceiras, uma loucura : loucura boa.


Caminhar depois até a Duomo, maravilhosa, toda em mármore, cheia de vitrais e também cheia de turistas . A Duomo é grande e grandiosa. Na porta há paninhos para cobrir os ombros (na Itália é proibido, shorts e ombro de fora nas igrejas; não deixar de ver a biblioteca, onde esta a coleção de hinários e livros sacros originais com as iluminuras muito bem conservadas, o teto é outra atração, maravilhoso.
Almoço gostoso na: Vecchia Taberna di Bacco - Via de Beccheria ,9 simples e saboroso.
Lojas de artesanato em cerâmica e bordados, todas tentadoras.
Siena é um bom lugar para compras, tem bastante variedade.

Dica: Erbario Toscano - loja de produtos naturais a base de óleo de oliva, gostei muito do "óleo seco", muito bom para a pele, e o cheirinho é suave; essa marca tem também em Firenze, Lucca, Veneza .

De volta a estrada: seguir, então, para  Montepulciano e depois Montalcino para degustar o maravilhoso, aromático, soberbo BRUNELLO com queijo Pecorino, em qualquer birosca.
Terminamos o dia em Pienza, muito charmosa, uma única rua, bons restaurantes que fecham cedo e exigem reserva, pois são mínimos, alegres e movimentados.

2º dia - FIRENZE



Bem... pra quem nunca foi a Firenze é OBRIGATÓRIO: enfrentar todas as filas dos museus e igrejas, além de passear sem stress na Ponte Vecchio, Piazza da la Signorina, Piazza de la República, Jardim di Boboli, Duomo.



Comprar é fácil, tem tudo: das grifes na Via Tornabuone a papelarias que são um delírio, ao
Mercado de Palha, que não tem mais nada de palha para vender, e sim bolsas, carteiras, cintos de couro. Cuidado podem ser de "couro ecológico".

Recomendo comer no restaurante Buca Mario, antigo,desde 1886, e muito movimentado.
Piazza Ottaviavi, 16 (somente jantar)
tel +39 055214179
bucamario@bucamario.it
www.bucamario.it

A boa pedida e´a "bisteca fiorentina".


3º dia - SAN GEMMINIANO

Estacionamento difícil, quase impossível.

Muitas lojinhas, oficinas de jóias. Bom para comprar artezanato em prata e ouro, bordados, e claro, vinhos, artigos de couro, mil coisas.
Visitar a Duomo, Piazza de la Cisterna, andar e andar. Vários músicos se apresentam nas ruas e, claro, muitos turistas.



Almoçar no Le Terrazze, restaurante com um terraço com vista para o vale.
Piazza de la Cisterna, 24
Pedimos entradas, saladas e vinho, muito bom.



Seguimos depois para : Monteriggione, minúscula, murada e fundada em 1203, tem 14 torres, lojinhas charmosas que vendem lãs artesanais e produtos feitos com esses fios, povo alegre e o Galo do vinho chianti, por todo lado.

Também para esses lados fomos a Castelina in Chianti, Radda in Chianti e Greve cenário do filme: Cinema Paradiso. Tudo romântico, charmoso e mal sinalizado.

As estradinhas são cheias de curvas, tem pouca orientação e até o GPS se atrapalha. Mas, perder-se na Toscana é descobrir paisagens maravilhosas. Vale a pena.




4º dia - UMBRIA


Fomos conhecer o Lago Trasimeno, tem tres ilhas e é enorme, com muitos restaurantes ao redor, vários esportes de água, e é fácil para estacionar. Escolhemos um restaurante na frente do jardim que é um gramadão, para almoçar.
Subimos, depois do almoço, até Castiglione di Lago, um mínimo feudo todo murado, com varias lojinhas de produtos comestíveis. Tem lojinha de azeites, azeitonas, massas, embutidos e artesanato com Madeira de Oliveira.

Final do dia fomos a ASSISI
A basílica é enorme, foi todinha restaurada após o terremoto, tem um estacionamento gigante, subterrâneo com elevadores que vai ate o começo da subida para a basílica, dai tem que preparar as pernas, a subida é íngreme e longa.
São duas igrejas, uma sobre a outra, há missas em muitos horários, e a capelinha é onde esta a tumba de São Francisco e alguns discípulos.
Ha afrescos de Giotto e Lorenzetti.
Lojinhas de souvenires com medalhas e artigos religiosos.

Terminamos o dia em Cortona,  cidade bem no alto, palco e cenário do filme "Sob o Sol da Toscana". Um labirinto de ruazinhas medievais.
Visual maravilhoso, com um por do Sol inesquecível.


LUCCA

Fundada em 180 a.C.

Fica bem pertinho de Firenze e também é murada, carros somente do lado de fora e em alguns bolsões de estacionamento, tipo zona azul. Mesmos interesses das outras cidades da Toscana, igrejas, vinho, piazzas, bruscheta, turistas e algumas filas. Fomos a Torre do Relógio, degraus e degraus, o medo maior é pra descer.

Para ver: Anfiteatro Romano, a Catedral San Martino, as muralhas.
Compras ao longo da Via Fillungo.
Comercio movimentado, milhões de tratorias gostosas. A cidade é encantadora, pequena e símpatica.

Espero que vocês aproveitem as dicas e a viagem.